Notícias

Notícias e matérias sobre condomínios

Portão aberto é convite para ladrões

23/04/2018 Sindicon Segurança

Crédito: Reprodução

Em cidades grandes com alto índice de violência, como Belo Horizonte, é quase senso comum que morar em condomínio é bem mais seguro que em casa. No entanto, não são raros os casos de arrastões ou assaltos em unidades habitadas. Muitas vezes, os assaltantes são ousados e se arriscam escalando muros ou fachadas. Outras vezes, simplesmente se aproveitam da displicência de um morador que deixou o portão aberto. Por isso, é preciso atenção redobrada de todos os condôminos.

Aqui, vão algumas dicas para deixar o prédio mais seguro:

1 – Oriente todos os condôminos a verificarem se o portão realmente fechou depois que eles passaram. Alguns portões têm mola hidráulica ou dobradiça que absorvem impacto e fazem com que o fechamento seja mais lento. Principalmente neste caso, é imperativo que a pessoa não se afaste enquanto o portão não estiver fechado e trancado.

2 – Instale alarmes sonoros. O barulho chama a atenção para o portão que fica aberto mais do que o necessário para entrada ou saída. Assim, quem passar vai ser avisado de que a portaria não está fechada.

3 – Instale interruptores de abertura próximos a cada portaria. Prédios com mais de um bloco costumam ter um portão geral e portas nas entradas dos blocos. Para evitar que as entradas fiquem abertas por muito tempo, é conveniente manter um interruptor específico e próximo a para cada uma delas, de modo que quem passar abra e feche cada porta por vez.

4 – Verifique se os controles do portão da garagem estão funcionando corretamente e mantenha um tempo não muito longo para o fechamento automático, para evitar que um oportunista se aproveite do esquecimento de algum motorista que saiu e não acionou o fechamento.

5 – Mantenha o sistema de monitoramento e vigilância em perfeito funcionamento. Assim, o síndico, o porteiro ou a empresa de segurança privada podem saber se os portões estão abertos ou fechados, quem se esqueceu de fechar e se algum estranho entrou no edifício sem autorização.

Para garantir o cumprimento dessas e outras orientações importantes, o síndico pode enviar circulares regularmente aos condôminos, bem como afixá-las nas áreas comuns, quadro de avisos e próximos às portarias. Se houver muita indisciplina com relação à segurança, uma assembleia pode alterar o regimento interno e a convenção para estabelecer penalidades, como multa, ao condômino que for flagrado deixando os portões abertos.

O mais importante é que o síndico consiga estabelecer rotinas de segurança para evitar que a criminalidade alcance o condomínio.

 

Assessoria para síndicos de condomínios associados

Questões atinentes à administração do condomínio, departamento de pessoal, relações entre condôminos e entre o condomínio e terceiros.

Atendimento por telefone
  • (31)3281.8779
  • 11:00 às 12:00 horas
  • 16:00 às 18:00 horas

mediante prévio agendamento